Sobre

O Neoliberais é a representante no Brasil do Neoliberal Project.

O Neoliberal Project começou despretensiosamente quando alguns alunos de graduação em economia se juntaram para discutir as implicações políticas de sua área de estudo e criaram no reddit o r/neoliberal. Nas palavras de Colin Mortimer:

Não nomeamos assim o fórum para fazer uma declaração política, mas porque queríamos zombar das pessoas que antes nos chamavam dessa palavra. Mas, rapidamente, as pessoas começaram a participar numa proporção muito maior do que esperávamos. Pessoas que não desejavam discutir econometria, como pretendíamos originalmente. Elas desejavam um lugar on-line para discutir a formulação de políticas que não tivesse sido capturado por populistas de esquerda ou direita. Éramos incrementalistas radicais – como nos chamávamos – e isso era diferente de qualquer outra coisa por aí.

O que defendemos e o que queremos?

Defendemos a economia de mercado, as instituições multilaterais (por isso nos denominamos “globalistas”), a democracia e a livre manifestação da vontade humana (por isso nos consideramos progressistas).

O Projeto Neoliberal é uma grande casa. Não procuramos excluir outras pessoas de nossa comunidade; em vez disso, procuramos trazer qualquer pessoa que possa encontrar um terreno comum conosco em qualquer assunto. Isso irá expandir muito o número potencial de pessoas que podem se chamar de neoliberais e assim nos diferenciamos de outros grupos que impõem testes estritos de identidade a seus membros.

Isso não significa, contudo, que não tenhamos princípios claros:

Livre mercado: o livre mercado é o melhor e mais democrático sistema de criação e distribuição de recursos para indivíduos e organizações.

Uma rede de segurança social robusta: embora o livre mercado seja o maior motor de criação de riqueza da história, eles precisam ser criados e regulamentados por sistemas e instituições jurídicas inclusivas de modo a distribuir equitativamente a riqueza que criam.

Sociedade aberta: a menos que todos tenham oportunidades iguais de acesso aos mercados, eles não irão operar de modo ideal. Nosso projeto visa combater a opressão aos setores marginalizados da sociedade, independentemente de sexo, identidade de gênero, raça, cor, nacionalidade ou status de imigração, religião ou não-religião, orientação sexual, deficiência, estado civil, peso ou idade.

Desafiar o populismo: O Projeto Neoliberal surgiu em resposta direta ao aumento de populistas à esquerda e à direita em todo o mundo. Nos opomos diretamente aos grupos mais extremistas e ao crescente “flerte” destes grupos com ideias autoritárias e antidemocráticas.

O Projeto Neoliberal é acima de tudo ação. Nosso propósito está em trazer o sucesso do projeto original na elaboração de propostas políticas, mobilização de nossa rede para apoiar essas propostas, análise das propostas de políticas de outros e a construção de relacionamentos com indivíduos e grupos com ideias semelhantes e demais atores políticos.