Procure no site:

agosto 6, 2022
Por que parte da esquerda ainda se reporta a Lênin?

Apesar dos esforços empreendidos por Domenico Losurdo, dificilmente alguém se engana com o caráter do ditador soviético Josef Stalin. Com exceção de Caetano Veloso, sabemos que o “homem de aço” foi um autocrata, psicopata, impiedoso e sanguinário. O que nos estranha é o fato de Lênin, igualmente cruel, ter sido absolvido por grande parte do […]

Read More
abril 6, 2022
Por que o ajuste fiscal deve ser feito essencialmente por corte de gastos, e não por aumento dos impostos

"Dívidas e déficit não são invenções da ideologia. São fatos da aritmética". - Paul Martin, ex-Primeiro Ministro do Canadá. “A Agenda Liberal se impõe.” - Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central do Brasil e um dos elaboradores do Plano Real. Uma das coisas mais desconcertantes sobre pessoas brilhantes que morrem relativamente jovens é pensar o […]

Read More
fevereiro 21, 2022
Defendam a ciência! O comunismo foi sim fome e repressão

"Socialism is not based merely on a different system of ultimate values from that of liberalism, which one would have to respect even if one disagreed; it is based on an intellectual error which makes its adherents blind to its consequences.” - Friedrich Hayek No final de janeiro de 2022, os habitantes da bolha cyberbolchevista […]

Read More
janeiro 30, 2022
Resenha do livro "A Democracia em Déficit – O Legado Político de Lord Keynes", por James M. Buchanan e Richard E. Wagner

A década de 1970 foi uma divisora de águas no pensamento político e na econômico mundial. À medida que o desemprego avançava e a inflação acelerava, uma nova resposta aos problemas enfrentados pelo chamado “bloco ocidental” mostrava-se necessária, visto que o modelo adotado desde o final da Segunda Guerra Mundial, inspirado ao menos em tese […]

Read More
dezembro 15, 2021
Por um anticapitalismo de livre mercado

Texto de Matt Ridley para o site CapX. Leia o original aqui. . Daniel Yergin e Joseph Stanislaw, em seu livro de 1998, "Commanding Heights", disseram sobre o que Keith Joseph estava pensando após a queda do governo de Heath em 1974: “A fonte do problema era o consenso do pós-guerra, com sua promoção do […]

Read More
novembro 16, 2021
Para parte da esquerda, Tabata Amaral não deveria existir. Por quê?

Resposta curta: porque ela é a principal representante política brasileira atual de uma esquerda arejada e à par da literatura moderna em ciência política e economia.

Read More
outubro 25, 2021
Desigualdade e sustentabilidade nas eleições norueguesas

Uma coalizão de esquerda liderada pelo trabalhista Jonas Gahr Støre venceu as eleições gerais norueguesas dia 13 de setembro passado, pondo fim ao governo de oito anos do Partido Conservador. Segundo a BBC Brasil, a desigualdade social se tornou questão central nas eleições do país.

Mas sendo a Noruega um país conhecido por uma pequena desigualdade socioeconômica, na verdade um dos mais igualitários, como isto pode estar associado a um problema no país? A conta não fecha.

Read More
agosto 23, 2021
Sobre a Blasfêmia - por Maajid Nawaz

Maajid Nawaz (1977-) é um dos grandes nomes da militância humanista e neoiluminista, por assim dizer, no contexto islâmico da atualidade. Nascido na Inglaterra, filho de imigrantes paquistaneses, sempre teve o islamismo em sua vida pessoal e familiar, apesar de isto lhe render conflitos sociais. Deste modo, Nawaz se radicalizou na adolescência, muito em resposta […]

Read More
junho 29, 2021
Os veganos estão certos ?

Afinal, se tornar vegano é a coisa certa a ser feita? Ou seriam os veganos uma seita insuportavelmente chata e arrogante por se julgarem superiores aos demais? A seguir irei argumentar que a resposta para ambas perguntas é: "SIM”.

Read More
junho 9, 2021
Resenha sobre o livro “O progressista de ontem e do amanhã”, de Mark Lilla

O desejo do autor em toda sua argumentação é, tão somente, de que as pessoas entendam que estão no “mesmo barco” e se convençam de que, para que se possa realmente melhorar a realidade americana é imprescindível um diálogo efetivo. O individualismo característico da era Reagan e o identitarismo de esquerda que lhe seguiu resultaram em uma sociedade mais polarizada, incapaz de compreender a existência de uma teia social que liga todos os cidadãos e que a democracia é um processo contínuo de convivência com ideias divergentes. Logo, é necessário fazer concessões.

Por fim, vale notar que a eleição de Joe Biden em nada invalida esse diagnóstico, principalmente por conta da excepcionalidade do contexto em que ocorreu. A leitura deste livro continua sendo extremamente valiosa em um período de tantos conflitos ideológicos.

Read More